sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Hoje é o nosso dia!


São quase duas da manhã, todos dormem e eu sentei-me na secretária e liguei o computador para fazer umas coisas da escola. De repente apareceu a data de hoje em letras bem grandes: 25 de setembro.

Hoje é o nosso dia!

Saí daqui e fui procurar uma fotografia diferente daquele dia do ano de 1999... e de repente dou de caras com o nosso albúm da lua-de-mel... não consegui esconder um sorriso ao lembrar aqueles dias que também foram só nossos... e que nunca o vão deixar de ser!

Lembras-te?
De chegar a Miami e sentir aquele calor e aquela humidade extrema? Daquele quarto no 16º andar com uma vista linda para as praias e uma decoração mais pirosa impossível? Do que eu chorei naquele dia na praia em que tu perdeste a aliança? Do passeio de limusine e da seca que apanhámos quando nos quiseram vender o time-sharing? Da excitação que foi na entrada para o cruzeiro da Carnival? Das pizzas 24 horas por dia? Daquele mar transparente e tão azul? De como Key West é bonito? Dos espetáculos a bordo? Da nossa mini-cabine e dos bonecos que os empregados faziam com as toalhas? Do que chovia quando chegámos a Cozumel? Do jantar de gala e de como íamos vestidos? Do regresso a Miami e da partida para NY? De China Town? Das Torres Gémeas e do nevoeiro desse dia? Das compras nos armazéns da Tommy? Das casas enfeitadas para o Halloween? Das 18 horas de carro até à Walt Disney World? Da torre do terror e dos gritos que demos? Das paradas à noite e do fogo de artifício? Do quanto nos divertimos e prometemos voltar? Do restaurante onde fazíamos de crianças, ralhavam connosco e obrigavam-nos a comer legumes? Do regresso a casa, cheios de sonhos e (nem nós sabíamos) com o Bernardo na minha barriga?

































Valeu ou não ter vendido o carro? Estes dias serão sempre só nossos... os outros dias que vieram depois são nossos, dos Britinhos todos e do resto da família e dos amigos! E a história continua cheia de surpresas, mas com tanto AMOR por ti, tanto, tanto , tanto... que até as lágrimas rolam neste dia que não estás aqui para me tocar... 

(Eu sei que vens para a semana, mas custa tanto esta saudade...)

Dia Feliz, amor!

2 comentários: